Lazinho pede prorrogação na implantação da nota fiscal de produtor rural eletrônica

Lazinho pede prorrogação na implantação da nota fiscal de produtor rural eletrônica

Muitos agricultores não conseguem emitir a nota sem ajuda de terceiros

O deputado Lazinho da Fetagro (PT), em sessão plenária na terça-feira (21), pediu a prorrogação na implantação da nota fiscal de produtor rural eletrônica. O parlamentar explicou que muitos agricultores rurais não possuem conhecimento suficiente para emitir a nota fiscal eletrônica e que outros sequer têm acesso à Internet em suas propriedades.

Ele citou, ainda, que o programa disponibilizado para emissão das notas não fornece informações suficientes e claras aos agricultores. “Os agricultores terão que procurar um sindicato, um escritório de contabilidade ou até a Emater para conseguir emitir suas notas sem correr o risco de errar. Nesse intervalo de tempo suas produções serão transportadas sem nota?”, indagou o deputado.

Ainda segundo o parlamentar, a prorrogação se faz necessária para que os agricultores sejam instruídos pelos órgãos competentes e as devidas adequações sejam realizadas para que não sofram com os prejuízos que a implantação do sistema possa causar.